WAFAH DUFOUR


Wafah Dufour, sobrinha de Osama bin Laden, aceitou ser a estrela de uma nova série americana, que vai ajudá-la em suas tentativas para alcançar o estrelato no mundo da música.

A jovem, cidadã americana, assinou um contrato com a produtora Judith Regan, que já produziu o programa "Growing Up Gotti", sobre os filhos do falecido mafioso nova-iorquino John Gotti.

"Wafah é uma cantora magnífica e talentosa que, como muitas jovens da sua idade, sonha em fazer sucesso na música," disse Judith Regan em um comunicado divulgado nesta sexta-feira.

Wafah Dufour, nascida Wafah ben Ladin (ortografia usada por este ramo da família), disse estar bem consciente do impacto do seu parentesco com o conhecido terrorista.

"Entendo que quando as pessoas ouvem o meu nome, têm idéias preconceituosas, mas nasci americana e amo o meu país", explica. "Como cantora, minha vida é dedicada à música, a verdadeira linguagem universal que todos nós podemos compreender", acrescenta a jovem, que cita como influências musicais U2, Depeche Mode, Sade, The Cure e Cranberries.

Wafah Dufour é a filha da meio-irmã de Osama bin Laden, Yeslam, e de Carmen Dufour, nascida na Suíça de mãe iraniana e de pai suíço.

A história de Wafah "reduzirá o fosso que existe entre as culturas nas quais ela viveu", considera Judith Regan. "Sua história e sua busca pelo estrelato tornarão o programa cativante - é uma cantora, uma jovem, e sobretudo um ser humano".

Ela já havia posado para fotos publicadas em dezembro em uma revista masculina americana, American GQ.

Nascida na Califórnia (oeste), Wafah Dufour viveu na Arábia Saudita a partir dos três anos, tendo que se mudar para a Suíça aos 10 com sua mãe e suas irmãs após a separação de seus pais. Ela vive hoje em Nova York. (UAI, 10/03/2006)